UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/03/2010 - 15h34

Política monetária pode ser suavizada ainda mais--diretor do BCE

WASHINGTON (Reuters) - Membros de bancos centrais podem continuar aliviando suas políticas monetárias ainda mais, mesmo com as taxas de juros a zero por cento, e devem fazê-lo caso sintam qualquer ameaça de deflação, afirmou no sábado um membro do conselho do Banco Central Europeu.

Athanasios Orphanides, que também age como diretor do Banco Central de Chipre, disse em comentários preparados para uma conferência monetária --patrocinada pelo Federal Reserve, banco central norte-americano, e o BCE-- que o nível nominal das taxas de juros não significam nada se os formuladores de política ignorarem o núcleo dos preços na economia.

"O nível de alívio da política monetária deve ser associado ao nível das taxas de juros reais, não ao das taxas de juros nominais", disse Orphanides.

"Taxas próximas de zero por cento, que podem ser razoavelmente expansionistas em uma economia com inflação alta, podem gerar contração quando a inflação está muito próxima de zero por cento, ou pior, quando se encontra em deflação."

(Reportagem de Pedro Nicolaci da Costa)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host