UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/03/2010 - 08h38

Inflação na zona do euro supera previsão e desemprego atinge 10%

BRUXELAS (Reuters) - A inflação na zona do euro ficou muito acima das expectativas em março, enquanto a taxa de desemprego atingiu 10 por cento em fevereiro, mostraram dados nesta quarta-feira, destacando a fragilidade da recuperação da economia da região.

A inflação nos 16 países da área que adotam o euro foi de 1,5 por cento na base anual, a maior taxa desde dezembro de 2008, após registrar 0,9 por cento em fevereiro, informou a agência de estatísticas da União Europeia.

Analistas consultados pela Reuters estimavam uma inflação de 1,1 por cento.

Ainda assim, o dado de março está abaixo da meta do Banco Central Europeu de inflação de 2 por cento.

A Eurostat também informou nesta quarta-feira que a taxa de desemprego de 10 por cento no mês passado foi a maior desde agosto de 1998, mas em linha com as expectativas de mercado. Em janeiro, a taxa estava em 9,9 por cento.

De acordo com a agência, 15,749 milhões de pessoas estavam desempregadas na região em fevereiro, um acréscimo de 61 mil pessoas em relação ao mês anterior. Desde fevereiro de 2009, cerca de 3,1 milhões de pessoas perderam seus empregos na área do euro.

(Reportagem de Marcin Grajewski)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host