UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/04/2010 - 17h35

Dólar começa abril em baixa, com ajuda do cenário externo

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO (Reuters) - O otimismo com a recuperação econômica global ajudou o dólar a cair 0,67 por cento frente ao real nesta quinta-feira, em uma sessão de pouca volatilidade em véspera de feriado.

A moeda norte-americana terminou o dia a 1,769 real. O volume de negócios, que começou tímido, se recuperou ao longo do dia e superava 3 bilhões de dólares, de acordo com dados parciais da clering (câmara de compensação) da BM&FBovespa.

O dólar oscilou entre 1,777 real na abertura, máxima do dia, e 1,767 real na mínima.

No momento em que o mercado de câmbio encerrava as operações, o Ibovespa subia cerca de 1 por cento, caminhando para terminar no maior patamar em 22 meses. Além disso, no exterior, o índice Reuters-Jefferies de commodities subia 1,1 por cento.

O principal motivo para o otimismo global era a série de dados positivos sobre a recuperação do setor manufatureiro na China, na Europa e nos Estados Unidos. O Brasil, com dados sobre a produção industrial, também superou expectativas.

Arnaldo Puccinelli, gerente de mercados financeiros da Terra Futuros, disse, no entanto, que ainda é cedo para afirmar que a tendência do dólar, para o mês, é de queda.

"A gente vai começar a ver esse mercado com uma oscilação mais consistente a partir de terça-feira", disse. Na segunda, para ele, é provável que o mercado apenas se ajuste aos números sobre o mercado de trabalho que serão divulgados durante o feriado.

O relatório de emprego dos Estados Unidos será anunciado às 9h30 da Sexta-Feira Santa. O mercado está otimista, com expectativa de abertura de 190 mil vagas em março, segundo a mediana das previsões de analistas ouvidos pela Reuters.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host