UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/04/2010 - 20h54

Meirelles: compromisso do BC é com inflação de 12 meses

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou nesta quinta-feira ser possível que a inflação convirja para o centro da meta ainda em 2010, mas indicou que o Comitê de Política Monetária (Copom) já age mirando o próximo ano.

"O compromisso do Banco Central é cumprir (o centro da meta inflacionária) dentro do seu cenário relevante, isto é, no horizonte olhando não só os 12 meses à frente, mas também o ano de 2011", afirmou Meirelles a jornalistas.

"Agora, em dito isso, dentro do processo é absolutamente razoável se pensar que pode até, inclusive, convergir para o centro da meta dentro de 2010."

O presidente do BC frisou que o BC olha sempre para a inflação "à frente" e que não busca "compensar a inflação passada" e nem age, necessariamente, para conter choques inflacionários que tenham aspecto pontual ou sazonal.

Meirelles fez os comentários sobre a inflação após anunciar que permanecerá à frente do Banco Central até o final do governo Lula, tendo desistido de concorrer a um cargo político nas eleições de outubro .

A meta inflacionária está fixada em 4,5 por cento em 2010 e 2011, com intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

No último Relatório de Inflação, divulgado na quarta-feira, o BC elevou sua estimativa para a inflação deste ano para 5,2 por cento, de um patamar anterior de 4,6 por cento. Para 2011, o prognóstico pelo cenário de referência do BC é de 4,9 por cento, mas de 4,4 por cento considerando o cenário de mercado.

(Reportagem de Isabel Versiani)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host