UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/04/2010 - 08h52

Ações da controladora da Airbus representam risco, diz jornal

NOVA YORK, 5 de abril (Reuters) - As ações da europeia EADS, controladora da Airbus, é considerada "dinheiro morto" e pode sofrer pressão pelo atraso em entregas, alto endividamento, baixa demanda e uma percebida necessidade de preservar empregos, publicou o jornal Barron's, nesta segunda-feira.

A EADS enfrenta desafios desde o ano passado, com a queda de 85 por cento nos pedidos líquidos globais de aeronaves, informou o jornal. A empresa conta com uma grande carteira de pedidos de jatos, assim como a rival Boeing, e pode enfrentar a cíclica queda de produção e entregas que tipicamente decorre do recuo de pedidos.

O Barron's afirmou ainda que as ações da companhia estão sendo negociadas a aproximadamente 21 vezes o valor do lucro esperado para 2010, mas um recente relatório do Deutsche Bank Securities mostrou que as projeções de ganhos da própria EADS indicam que não será "mais do que um equilíbrio financeiro este ano".

"Na melhor das hipóteses, as ações da EADS são dinheiro morto", afirmou o jornal. "Se a rentabilidade e os novos pedidos não melhorarem, a empresa pode passar por uma aterrissagem dura".

(Reportagem de Jonathan Stempel)
 
 

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host