UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/04/2010 - 20h18

Eletrobras prefere captar no mercado externo US$2 bi em 2010

SÃO PAULO (Reuters) - A captação de 2 bilhões de dólares que a Eletrobras pretende fazer este ano deverá ser feita no mercado externo, afirmou nesta terça-feira o vice-presidente financeiro da estatal, Armando Casado.

A estatal prefere captar recursos no exterior porque existe o objetivo de se fazer um hedge natural com os recebíveis da usina binacional de Itaipu, afirmou Casado em reunião com analistas.

"Dos 2 bilhões de dólares, 500 milhões já estão em fase de contratação junto ao Bird, e serão investidos nas distribuidoras para o programa de melhorias técnicas e operacionais", disse Casado a jornalistas após o encontro com analistas.

Já os 1,5 bilhão de dólares restantes ainda não estão definidos, mas existe a possibilidade de que a captação seja por meio da Corporação Andina de Fomento (CAF) e instituições financeiras, afirmou.

Os planos de investimento da Eletrobras envolvem 30 bilhões de reais até 2012 e a empresa pretende captar, todos os anos, 2 bilhões de dólares. "Mas isso é um valor médio, porque isso depende do sucesso dos leilões", disse Casado.

A decisão de, por enquanto, não acessar o mercado interno para captações vem do fato de que, segundo a Eletrobras, o valor das ações está baixo, se comparado ao valor patrimonial da companhia, de controle estatal.

A preferencial da Eletrobras encerrou nesta terça-feira a 31,80 reais, em queda de 0,31 por cento, e a ordinária a 25,97 reais, em baixa de 0,7 por cento. Já o Ibovespa recuou 0,3 por cento.

(Por Carolina Marcondes)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host