UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/04/2010 - 19h09

Setor de transporte ampara alta de bolsas em NY, mas dados pesam

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK, 15 de abril (Reuters) - O mercado acionário norte-americano marcou nesta quinta-feira o sexto dia seguido de ganhos, uma vez que uma encorajadora previsão de lucro da United Parcel Service (UPS) valorizou as ações de transportes.

O Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,19 por cento, para 11.144 pontos. O Nasdaq subiu 0,43 por cento, para 2.515 pontos. O Standard & Poor's 500 teve oscilação positiva de 0,08 por cento, para 1.211 pontos.

Os papéis financeiros pressionaram o S&P 500, que devolveu parte dos ganhos vistos ao longo da sessão após a forte alta da quarta-feira.

Na véspera, depois do fechamento dos mercados, a empresa de entregas UPS divulgou um lucro relativo ao primeiro trimestre bem acima das estimativas e elevou a perspectiva de lucros, tonando-se a mais recente blue chip a superar as expectativas.

A ação da UPS subiu 5,3 por cento, enquanto a da rival FedEx ganhou 1,7 por cento. O índice Dow Jones para o setor de transportes avançou 1,7 por cento, alcançando a máxima intradia em 52 semanas.

A apreciação das bolsas em Wall Street, contudo, foi limitada pelo aumento nos pedidos semanais de auxílio-desemprego.

Mais cedo, o Departamento de Trabalho informou que os pedidos semanas de seguro-desemprego subiram em 24 mil, para 484 mil, contrariando a expectativa do mercado de queda para 440 mil pedidos. Dados mostrando um crescimento na produção industrial abaixo do esperado também não ajudaram

.

"Continuamos vendo números acima do esperado em setores variados, o que mostra melhora na economia. Mas precisamos ver bons dados no mercado de trabalho para confirmar que a retomada está em curso", disse Channing Smith, vice-presidente da Capital Advisors, em Tulsa, Oklahoma.

Os papéis do Google caíam 2,1 por cento no after market, após a companhia reportar seus resultados do primeiro trimestre. No pregão regular, a ação avançou 1,1 por cento, impulsionando o Nasdaq.

A alta do Google durante o pregão ocorreu após a divulgação de resultados acima do esperado da Intel no início desta semana. A unit da fabricante de chips ganhou 3 por cento, melhor desempenho do Dow Jones.

As ações do Citigroup foram as mais negociadas no pregão do Big Board (Bolsa de Nova York), em queda de 2,4 por cento. Segundo dados da NYSE Euronext, a transação de 1,5 bilhão de ações do banco respondeu por 25 por cento das 5,995 bilhões de units negociadas na bolsa nesta sessão.

O Citigroup deve divulgar seu balanço trimestral na segunda-feira.

Preocupações de que a Grécia esteja pronta para utilizar um pacote de ajuda emergencial pesaram sobre a confiança dos agentes mais cedo, mas não o suficiente para levar os índices ao vermelho.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host