UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

22/04/2010 - 09h32

Déficit grego em 2009 é revisado para cima, a 13,6%

Por Jan Strupczewski

BRUXELAS, 22 de abril (Reuters) - A Grécia e a Irlanda tiveram déficits em 2009 bem maiores que o inicialmente estimado, sendo que o dado grego pode ser revisto ainda mais para cima, informou a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, nesta quinta-feira.

A Grécia registrou um déficit de 13,6% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, em vez dos 12,7% divulgados.

"A Eurostat está mostrando alguma reserva sobre a qualidade dos dados reportados pela Grécia, devido às incertezas sobre o superávit dos recursos de previdência para 2009, à classificação de algumas entidades públicas e a registros de swaps", disse a Eurostat.

"O término da investigação que a Eurostat está fazendo nessas questões com a Autoridade Estatística Grega pode levar a uma revisão (no déficit) do ano de 2009 da ordem de 0,3 a 0,5 ponto percentual e a 5 a 7 pontos do PIB para a dívida."

A dívida grega em 2009 foi de 115,1% do PIB, ante 99,2%  em 2008, segundo a Eurostat.

No caso da Irlanda, o déficit foi revisado para 14,3%, contra os 11,7% previamente divulgados. Segundo o ministro das finanças do país, Brian Lenihan, este foi o resultado de uma reclassificação técnica, combinada ao apoio governamental ao setor bancário.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host