UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/04/2010 - 17h02

Tempestades de inverno levam JetBlue a prejuízo no 1o trimestre

WASHINGTON (Reuters) - A companhia aérea norte-americana JetBlue, importante cliente da fabricante brasileira de jatos Embraer, mostrou prejuízo inesperado no primeiro trimestre, mas acredita que está adotando os passos certos para voltar a crescer e ter lucratividade.

A companhia afirmou que as tempestades de inverno reduziram sua receita em 15 milhões de dólares e a transição para um novo sistema de atendimento ao cliente e de reservas aumentou suas despesas em uma quantia parecida.

Os custos mais elevados com combustíveis também reduziram a linha final do resultado da companhia, em um cenário de volatilidade que afetou todas as grandes empresas aéreas no primeiro trimestre.

A JetBlue reportou prejuízo líquido trimestral de 1 milhão de dólares, ou 0,01 dólar por ação, comparado ao lucro de 12 milhões de dólares, ou 0,05 dólar por ação, no mesmo período do ano passado.

De acordo com a Reuters I/B/E/S, o consenso das estimativas de Wall Street era de um lucro da JetBlue de 0,03 dólar por ação.

Tarifas mais elevadas ajudaram a elevar a receita para 870 milhões de dólares, cerca de 10 milhões de dólares a menos que as expectativas de analistas. O tráfego cresceu e os aviões voaram, em média, com ocupação acima de 75 por cento.

O presidente da JetBlue, Dave Barger, disse que a companhia está desapontada com seu desempenho no último trimestre, mas otimista com as tendências recentes de receita, amparadas por uma economia em recuperação.

A companhia aérea também espera benefícios por conta do seu novo sistema de atendimento ao cliente, o aumento da presença na cidade de Boston e sua posição como maior operadora de voos domésticos no aeroporto internacional John F. Kennedy, em Nova York.

"Estamos confiantes de que estamos adotando as medidas corretas para retornar a uma rentabilidade sustentada", disse Barger em comunicado.

(Por John Crawley)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host