UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/05/2010 - 13h46

Pfizer e Merck têm lucro no 1o trimestre acima das estimativas

Por Ransdell Pierson e Lewis Krauskopf

NOVA YORK (Reuters) - As farmacêuticas norte-americanas Pfizer e Merck apresentaram nesta terça-feira lucros e receitas melhores que o esperado no primeiro trimestre, embora a Merck tenha divulgado uma meta de ganhos para 2010 um pouco abaixo das estimativas de Wall Street.

Pfizer e Merck --as duas maiores farmacêuticas do mundo em vendas em 2009-- mantiveram suas previsões de lucro no longo prazo, que dependem do alto controle de custos das recentes aquisições das rivais Wyeth e Schering-Plough, respectivamente.

"Parece que as duas companhias estão sendo influenciadas pela redução de custos de aquisições, e isso reflete diretamente no lucro", disse o analista Damien Conover, da Morningstar. "Esta é uma tendência que continuaremos a ver daqui para a frente".

A Merck teve lucro de 299 milhões de dólares, ou 0,09 dólar por ação, no primeiro trimestre, afetada por uma série de encargos e despesas recorrentes da recente reforma no sistema de saúde norte-americano. No mesmo período do ano passado, o lucro da empresa foi de 1,43 bilhão de dólares, ou 0,67 dólar por ação.

Se excluídos itens não-recorrentes, a Merck teve ganho de 0,83 dólar por ação. Analistas esperavam, em média, um lucro de 0,75 dólar por ação, de acordo com a Thomson Reuters I//B/E/S.

A Merck mais que duplicou sua receita, para 11,42 bilhões de dólares, impulsionada pelo acordo com a Schering. Analistas esperavam receita de 11,18 bilhões de dólares.

A farmacêutica informou que espera lucro de 3,27 dólares a 3,41 dólares por ação em 2010, excluindo itens não-recorrentes, enquanto o mercado estima um lucro de 3,41 dólares por ação.

A companhia também afirmou que pretende atingir uma redução de custos de 3,5 bilhões de dólares com a aquisição da Schering em 2012.

Já a Pfizer teve um lucro de 2,03 bilhões de dólares, ou 0,25 dólar por ação, no primeiro trimestre, ante ganho de 2,73 bilhões de dólares, ou 0,40 dólar por ação, um ano antes.

Com a exclusão de itens não-recorrentes, a Pfizer lucrou 0,60 dólar por ação. Analistas aguardavam um lucro de 0,53 dólar por ação.

A Pfizer reportou uma receita de cerca de 16,75 bilhões de dólares, contra estimativa de analistas de 16,58 bilhões de dólares.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host