UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/05/2010 - 20h06

ANP toma medidas para aumentar segurança em plataformas no mar

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Agência Nacional do Petróleo (ANP) decidiu adotar quatro medidas para aumentar a segurança das plataformas marítimas em operação no país depois que um acidente com uma plataforma da British Petroleum, no Golfo do México, causou um derrame de óleo na costa dos Estados Unidos.

Primeiro, a agência decidiu articular com o diretor regional do Serviço de Administração de Minérios dos Estados Unidos no Golfo do México (MMS), Lars Herbst, a presença de servidor da ANP no acompanhamento das providências e das investigações sobre as causas do acidente.

De acordo com a agência, "o contato já foi feito e a ANP aguarda a resposta do MMS".

Em segundo, a entidade entrou em contato com o Fórum Internacional de Reguladores (IRF, na sigla em inglês) para buscar soluções alinhadas e consistentes entre as agências que regulam a segurança operacional nos países integrantes do fórum, como Austrália, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Holanda, Noruega, Nova Zelândia e Grã-Bretanha.

"A próxima conferência do IRF, a ser realizada em outubro, no Canadá, será estendida por mais um dia para que as agências discutam o incidente com a Deepwater Horizon", afirmou a ANP.

A agência também decidiu enviar a todos os concessionários que operam em águas brasileiras um pedido de informação sobre os sistemas de controle de poços atualmente empregados na perfuração offshore.

Ainda, a ANP pedirá às concessionárias que reavaliem os seus planos de emergência e remetam à entidade a documentação referente à respectiva capacidade de resposta para análise técnica.

(Reportagem de Denise Luna)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host