UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/05/2010 - 20h16

Wall Street cede por receio de que crise grega se espalhe

Por Edward Krudy

NOVA YORK (Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos caíram nesta quarta-feira em meio a mais sinais de que a crise de dívida da Grécia pode se espalhar por grandes economias da zona do euro.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,54 por cento, para 10.868 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,91 por cento, para 2.402 pontos. O Standard & Poor's 500 perdeu 0,66 por cento, para 1.165 pontos.

O euro recuou à mínima em 14 meses à medida que investidores se desfizeram de títulos de países mais fracos da zona do euro e buscaram ativos considerados mais seguros. Os preços dos Treasuries e o dólar subiram por temores de que a crise de dívida na Europa possa frear o crescimento global.

Em Wall Street, ações dos setores industrial e de matérias-primas, sensíveis às perspectivas para o crescimento econômico, pesaram sobre o mercado. Os papéis de energia também foram pressionados pela queda de quase 3 dólares do barril de petróleo, que fechou cotado a 79,97 dólares.

O índice de energia do S&P recuou 1,5 por cento, e as ações da Chevron cederam 0,7 por cento.

O volume negociado na Bolsa foi um dos maiores do ano.

"O foco nesse momento está principalmente em como isso vai terminar na Europa e quanto prejuízo vai ser contabilizado", disse Marc Pado, estrategista de mercado norte-americano da Cantor Fitzgerald & Co, em San Francisco.

(Reportagem adicional de Doris Frankel)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host