UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/05/2010 - 08h16

Grécia continua abatendo humor dos investidores na Ásia

Por Miral Fahmy

CINGAPURA (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia tiveram fortes perdas nesta quinta-feira, mais uma vez abatidas pela crise de dívida da Grécia, que gerou preocupações de contágio para o restante da zona do euro.

O mercado de TÓQUIO teve a maior queda desde março de 2009, de 3,27 por cento, a 10.695 pontos, na volta de um feriado de três dias.

O índice MSCI de ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 2,23 por cento, para 401 pontos nesta manhã, acumulando no ano perda de 2 por cento.

"Não há pausa nas preocupações de que a crise de déficit na zona do euro continuará piorando, e em resultado disso, os mercados de ações ao redor do mundo continuam sob pressão", disse Ben Potter, analista do IG Markets.

Analistas disseram que o mercado aguarda agora a reunião do Banco Central Europeu (BCE), nesta manhã, para ver o que a autoridade irá dizer para garantir aos mercados que pode conter a crise grega.

"(O presidente do BCE, Jean-Claude) Trichet deverá mostrar apoio ao acordo de dívida da Grécia e amenizar os riscos de contágio", disse um operador de bônus.

A bolsa de HONG KONG perdeu 0,96 por cento, para 20.133 pontos. Em XANGAI, houve queda de 4,11 por cento, para 2.739 pontos, a pior performance desde meados de abril. Essas praças foram abatidas também por preocupações sobre a possibilidade de mais medidas do governo chinês para conter a especulação no setor imobiliário, desaquecendo-o.

O índice de SYDNEY caiu 2,16 por cento, para 4.573 pontos.

SEUL perdeu 1,98 por cento, a 1.684 pontos. CINGAPURA encerrou em queda de 0,72 por cento, a 2.839 pontos, e TAIWAN recuou 1,53 por cento, para 7.579 pontos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host