UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/05/2010 - 08h16

BCE promete defender euro e diz que manterá bônus que comprar

BERLIM/BRUXELAS (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) prometeu nesta quarta-feira que o euro sobreviverá à crise de dívida da região, e um de seus membros disse que a autoridade monetária manterá os bônus de governos que comprar até seus vencimentos.

O presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, saiu em defesa da moeda comum, com o apoio de Guy Quaden, integrante da instituição.

"Estou mais que confiante no futuro da zona do euro", disse Trichet à rádio francesa one.

Questionado sobre se o euro sobreviverá aos atuais problemas, Quaden respondeu que "sem dúvida".

Quaden rejeitou especulações de que países poderiam deixar a zona do euro em meio à crise.

"Primeiramente, isto não está previsto no tratado (europeu). Em segundo lugar, nenhum país tem interesse de deixar o euro. Nem a Grécia, nem a Alemanha", afirmou ele a uma revista belga.

Como parte de um pacote de 1 trilhão de dólares para salvar a região, o BCE abandonou sua política de bônus nesta semana e anunciou que começará a comprar títulos de governos.

Os detalhes dessas compras ainda são incertos. Não se sabe quanto o banco pretende gastar nem em quais vencimentos irá focar.

Nesta quarta-feira, no entanto, o membro do BCE Juergen Stark disse à rádio alemã Deutschlandfunk que o banco irá manter os bônus que comprar.

"Os bônus de governos que comprarmos hoje serão mantidos até seus vencimentos", informou.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host