UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/05/2010 - 08h39

Bolsas da Ásia sofrem forte queda com temor sobre Europa

Por Alex Richardson

CINGAPURA, 25 de maio (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia operaram em forte baixa nesta terça-feira, enquanto moedas de rendimento mais alto enfraqueceram com temores de que os problemas de dívida soberana da Europa disparem uma nova crise sobre o setor bancário do continente.

Tensões ampliadas na península coreana também afetaram o humor dos investidores do leste da Ásia.

A resposta da Europa à crise de dívida grega e grandes déficits em outros países da zona do euro têm deixado os mercados nervosos nas últimas seis semanas, e a tomada de controle de um pequeno banco espanhol pelo banco central do país no fim de semana criou preocupações de um derretimento mais amplo do setor.

"Esta situação com o banco espanhol faz os investidores ficarem nervosos porque levanta suspeitas de que algo mais pode estar por trás", afirmou Hiroichi Nishi, gerente-geral da divisão de equity da Nikko Cordial, em Tóquio.

As condições de financiamento dos bancos têm se mostrado mais restritas, com instituições nos Estados Unidos cada vez mais relutantes em lidar com empresas que tenham grande exposição à Europa.

"Investidores estão vendendo a qualquer rali do euro", afirmou Jonathan Cavenagh, estrategista de moedas do australiano Westpac. "As preocupações sobre a crise de dívida europeia estão mostrando sinais de se espalhar pelo setor bancário, com custos de financiamento subindo, apesar de estarem saindo de níveis muito baixos. Tudo isso vai gerar mais demanda por dólares."

A bolsa de TÓQUIO caiu 3,1 por cento, a 9.459 pontos, no pior fechamento em seis meses e abaixo do nível de suporte de 9.500 pontos. O índice Nikkei acumula queda de cerca de 17 por cento em relação ao pico em 18 meses definido no início de abril.

O índice MSCI que reúne bolsas de valores da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão despencava 4,6 por cento, a 354,79 pontos, às 7h35 (horário de Brasília).

Exportadores expostos ao mercado europeu ficaram entre as principais perdas da sessão. Canon recuou 2,7 por cento e Nikon teve perda de 5,8 por cento.

Na COREIA DO SUL, a bolsa de SEUL se desvalorizou em 2,75 por cento, para 1.560 pontos, incentivada por notícia de que o líder norte-coreano disse a seus militares que o país poderá ir à guerra, mas somente se o Sul atacar.

A bolsa de XANGAI caiu 1,9 por cento, para 2.622 pontos. HONG KONG recuou 3,47 por cento, para 18.985 pontos, e TAIWAN mostrou perda de 3,23 por cento, a 7.086 pontos.

Em SYDNEY, a bolsa se desvalorizou em 3 por cento, enquanto em CINGAPURA houve baixa de 2,7 por cento.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host