UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/05/2010 - 18h15

Vendas de supermercados devem avançar em maio por Copa

SÃO PAULO (Reuters) - Depois da queda sazonal registrada em abril, as vendas dos supermercados brasileiros devem avançar no período de maio a julho em decorrência da Copa do Mundo, segundo estimativa da Associação Brasileira dos Supermercados (Abras).

Nesta quarta-feira, a entidade informou que as vendas reais do setor supermercadista doméstico diminuíram 0,49 por cento em abril ante o mesmo mês no ano passado. Na comparação com março deste ano, as vendas cederam 3,83 por cento.

Além de março contar com um dia a mais em relação ao quarto mês do ano, o resultado foi impactado pelo feriado da Páscoa, que neste ano aconteceu nos primeiros dias de abril, antecipando as compras dos consumidores para março.

De acordo com o superintendente da Abras, Tiarajú Pires, a recuperação das vendas deve acontecer em maio, junho e julho, principalmente pela comercialização de televisores, em decorrência do mundial de futebol.

"Em ano de Copa do Mundo, as vendas de televisores costumam crescer cerca de 30 por cento... As vendas de bebidas e petiscos também aumentam em dias de jogos", disse Pires.

O desempenho das principais redes varejistas do país confirma o ambiente aquecido para a venda de televisores.

O Grupo Carrefour registrou em abril um aumento de 40 por cento nas vendas de televisores em relação ao mesmo mês do ano passado. Se consideradas apenas as duas primeiras semanas deste mês, o aumento foi de 80 por cento sobre igual período de 2009.

Já as vendas de aparelhos de televisão do Grupo Pão de Açúcar cresceram mais de 100 por cento nos cinco primeiros meses de 2010, comparadas ao mesmo período do ano anterior. Até o início do campeonato, em meados de junho, a companhia prevê vendas 110 por cento maiores que as apuradas no primeiro semestre de 2009.

Considerando apenas os meses de maio e junho, o Pão de Açúcar espera que as vendas dos aparelhos sejam três vezes maiores na comparação anual.

De acordo com a Abras, nos quatro primeiros meses deste ano o setor supermercadista acumula alta de 6,18 por cento nas vendas ante o mesmo intervalo em 2009. A entidade reafirmou a estimativa de crescimento nas vendas do setor perto de 8 por cento no fechado de 2010.

CESTA

A Abras também apresentou nesta quarta-feira os dados da cesta AbrasMercado, composta por 35 produtos e calculada pela GfK. Em abril, o preço da cesta subiu 1,76 por cento ante o mês anterior. Na relação anual, a cesta avançou 7,94 por cento, somando 279,32 reais.

Os produtos com maiores altas em abril, na comparação com março, foram batata (32,44 por cento), feijão (20,19 por cento) e cebola (7,41 por cento). Já os produtos com as maiores quedas no último mês foram desinfetante (-3,65 por cento), sabão em pó (-3,27 por cento) e tomate (-3,24 por cento).

(Por Vivian Pereira)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host