UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

27/05/2010 - 12h54

OGX descobre mais indícios de petróleo na bacia de Campos

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A OGX, braço de petróleo do grupo EBX, do empresário Eike Batista, informou na quinta-feira que fez mais duas descobertas na bacia de Campos, nos blocos BM-C-42 e BM-C-41, e que vai deslocar as sondas utilizadas nos locais para testes em outros blocos.

A sonda Ocean Lexington sairá do prospecto OGX-13 (extensão de Vesúvio), no bloco BM-C-41, para o prospecto Peró, no BM-C-40, enquanto a sonda Sea Explorer irá para testes adicionais no OGX-7 (Huna), no BM-C-42.

No poço OGX-10 (1-OGX-10-RJS), onde estava a Sea Explorer e conhecido como prospecto Hawaii, foi identificada uma coluna de óleo de aproximadamente 110 metros e net pay de 40 metros em reservatórios carbonáticos da seção aptiana. O poço encontra-se em fase final de perfilagem.

Já no OGX-13 (3-OGX-13-RJS), no bloco BM-C-41, que é uma extensão do prospecto conhecido como Vesúvio, no qual será iniciada a produção da OGX no próximo ano, a empresa identificou um net pay de aproximadamente 10 metros em reservatórios arenosos da seção eocênica.

"Dados preliminares indicam que este poço foi perfurado em um dos limites da estrutura, sendo uma importante informação no processo de delimitação da acumulação Vesúvio", disse a empresa.

O poço OGX-10, situado a 79 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro, onde a lâmina d'água é de 158 metros, teve as atividades de perfuração iniciadas no dia 02 de março de 2010.

Já o poço OGX-13, situado a 87 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro, com lâmina d'água 138 metros, iniciou perfuração no dia 05 de maio de 2010.

Os blcos são 100 por cento de propriedade da OGX.

(Por Denise Luna)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host