UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/05/2010 - 15h05

Mercado de capitais começa a melhorar para Brasil, diz Bradesco

SÃO PAULO, 31 de maio (Reuters) - Um gradual arrefecimento da crise na zona do euro já começa a se avistar e empresas brasileiras interessadas em captar recursos no mercado de capitais devem deixar tudo pronto para executarem suas operações a partir do fim das férias no Hemisfério Norte, no fim de agosto, disse o presidente do Bradesco, nesta segunda-feira.

"O momento é ideal para fazer road shows", disse a jornalistas o presidente do segundo maior banco privado brasileiro, Luiz Carlos Trabuco.

Com esse raciocínio, a instituição realiza nesta semana uma reunião em Londres com 39 grandes investidores globais na área de petróleo e gás, visando a atrair recursos para empresas domésticas do setor.

"De certa forma, a crise é até positiva, porque contribui para diferenciar o Brasil das demais economias; além disso, o mundo já está mais assentado do que antes do socorro internacional à Grécia", agregou.

De acordo com Trabuco, o ritmo acelerado de expansão da economia (a previsão do banco é de uma alta de cerca de 7 por cento do PIB em 2010) dá mais confiança para os planos do Bradesco de expansão dos financiamentos este ano.

"Com um PIB de 7 por cento, temos mais confiança para expandir o crédito em mais de 20 por cento", disse.

(Por Aluísio Alves)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host