UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 09h24

IPC-S sobe 0,21% em maio, menor alta desde novembro de 2009

SÃO PAULO (Reuters) - A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou mais que o esperado em maio, atingindo o menor patamar desde novembro, devido, sobretudo, a uma queda dos alimentos.

O indicador avançou 0,21%  em maio, após alta de 0,76% em abril e de 0,47% na terceira prévia do mês passado, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

"Este foi o menor resultado desde a segunda semana de novembro de 2009, quando o índice variou 0,20%", afirmou a FGV em nota.

Analistas consultados pela Reuters previam uma taxa de 0,30%, segundo a mediana de 10 respostas que ficaram entre 0,27% e 0,35%.

Os preços do grupo Alimentação recuaram 0,34% em maio, após elevação de 1,77% em abril.

Os custos de Vestuário desaceleraram a alta para 0,99%, contra 1,20% no mês passado. Os de Saúde também, subindo 0,58% em maio, após variação positiva de 0,79% em abril, devido ao arrefecimento da alta dos medicamentos, que foram reajustados recentemente.

Já os preços de Habitação avançaram mais, em 0,65% nesta leitura, contra 0,34% na anterior.

As maiores quedas de preços individuais em maio foram de tomate, álcool combustível, açúcar refinado, alface e pimentão.

(Reportagem de Vanessa Stelzer)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host