UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/06/2010 - 10h57

Negociação para fusão da Baosteel com Baotou fracassa

PEQUIM, 1o de junho (Reuters) - As negociações de fusão entre a segunda maior siderúrgica da China, Baosteel, e o Baotou Iron and Steel Group ruíram depois de quatro anos de diálogo, publicou o 21st Century Business Herald nesta terça-feira.

A oferta feita pela empresa de Xangai fracassou depois da intervenção do governo local na Baotou, no mês passado, afirma o jornal, citando uma pessoa próxima da situação.

Nenhuma das empresas envolvidas estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

O jornal afirma que a rival da Baosteel, a Anshan Iron and Steel, também conhecida como Angang, deve fazer uma oferta pela Baotou, que elevou sua capacidade anual de aço para mais de 10 milhões de toneladas em 2009.

A Angang, baseada na província de Liaoning, no nordeste da China, recebeu na semana passada autorização de autoridades para comprar a Panzhihua Steel. A operação deve tornar a Angang a maior produtora de aço da China.

O plano da China de consolidar seu fragmentado setor de aço tem sofrido diversos entraves, com os governos locais relutantes em ceder importantes fontes de receita para a Baosteel, que paga impostos diretamente ao governo central.

A China originalmente planejava colocar 50 por cento da capacidade de produção nacional sob o controle das cinco maiores usinas do país até o fim de 2010, mas esse número até o final do ano passado estava em apenas 29 por cento.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host