UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/06/2010 - 10h50

Marfrig vê sinergia de US$100 mi até 2012 com Keystone

Por Roberto Samora

SÃO PAULO, 16 de junho (Reuters) - A companhia de alimentos Marfrig estima sinergias de cerca de 100 milhões de dólares até 2012 com a compra da norte-americana Keystone Foods, afirmou o diretor de relações com investidores, Ricardo Florence.

O executivo falou em teleconferência com analistas nesta quarta-feira após o anúncio na segunda-feira da aquisição da totalidade das ações da Keystone por 1,26 bilhão de dólares.

"Estimamos inicialmente em 100 milhões de dólares", afirmou Florence, que prevê sinergias com aumento de produção usando a plataforma global da Keystone.

Com a aquisição da companhia norte-americana, que atua no desenvolvimento, produção, comercialização e distribuição de alimentos à base de carnes, a Marfrig se torna uma das fornecedoras de toda a cadeia internacional de McDonald's, Campbell's, Subway, ConAgra, Yum Brands e Chipotle.

"Além disso, pretendemos alavancar as plantas da Keystone, aumentando o uso da capacidade e reduzindo custos de operação", completou ele.

Com a Keystone, a companhia brasileira terá vendas anuais acima de 15 bilhões de dólares. "Isso coloca o Marfrig entre as três maiores empresas de processamento de carne em escala global", completou Florence.

Ao comentar a força que a companhia ganha com a compra da Keystone, o presidente da Marfrig, Marcos Molina, afirmou que ela segue importante estratégia de expansão de vendas para o mercado asiático, com sua rede de distribuição.

"Foi a mais importante operação da Marfrig, ela vem terminar o ciclo na cadeia produtiva, fechando todo o ciclo e dando uma plataforma global, principalmente na Ásia, que é a nossa estratégia de crescimento", afirmou Molina na abertura da teleconferência.

Na terça-feira, a Marfrig anunciou que seu conselho de administração aprovou a constituição de um programa de ADR (American Depositary Receipt) e que um pedido de registro será encaminhado ao regulador do mercado brasileiro nos próximos dias.

Em distribuição na Europa, a empresa espera integração com a Moy Park, empresa pertencente ao Marfrig. "Isso permitirá alcance cada vez maior dentro desse mercado."

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host