UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 08h26 / Atualizada 25/06/2010 - 08h46

Cautela antes de G20 e realização abatem Bolsas da Ásia

Kevin Plumberg

HONG KONG (Reuters) - As Bolsas de valores da Ásia caíram pelo quarto dia seguido nesta sexta-feira, em meio a expectativas de uma maior regulação financeira na reunião do G20 no fim de semana e a incertezas sobre a recuperação global.

Os investidores também aproveitaram para voltar a realizar lucros após o forte rali recente, que foi em parte motivado pela decisão da China de flexibilizar o yuan.

Em relação ao G20, diferenças entre os líderes dos países antes da cúpula em Toronto sobre como assegurar a recuperação econômica preocupam os investidores.

"O cenário fundamental não mudou significativamente, o que pode significar que a aversão a risco persiste conforme chegamos ao fim do primeiro semestre do ano", disse Gareth Berry, estrategista cambial do UBS em Cingapura.

"O sentimento de risco pode continuar instável à medida em que os investidores podem ficar cada mais preocupados com as perspectivas de crescimento dos Estados Unidos, o que pode pesar sobre as condições de demanda por commodities e ações."

A Bolsa de Tóquio caiu 1,92%, para 9.737 pontos. Os destaques de queda foram as líderes do mercado Fanuc e Canon.

O índice MSCI de ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 1,35%, para 391 pontos, nesta manhã. As maiores perdas ocorreram com ações dos setores de tecnologia e relacionadas a matérias-primas. Na semana, o indicador está praticamente estável.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng recuou 0,21%, para 20.690 pontos. Em Xangai, a perda foi de 0,54%, para 2.552 pontos.

Taiwan recuou 1,52%, para 7.474 pontos. Em Seul, a Bolsa caiu 0,58%, para 1.729 pontos.

Cingapura, por outro lado, teve variação positiva de 0,14%, a 2.851 pontos.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host