UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 18h46

Copa diminui movimento e dólar cai em linha com exterior

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar acompanhou o cenário mais propenso a investimentos de risco e caiu nesta sexta-feira, em uma sessão de volume reduzido por causa do jogo entre Brasil e Portugal pela Copa do Mundo.

A moeda norte-americana recuou 0,50 por cento, para 1,780 real. No mês, o dólar tem agora queda de 2,25 por cento mas no ano ainda acumula alta de 2,12 por cento.

O mercado à vista esteve fechado entre 10h e 14h30 por causa do empate do Brasil na Copa do Mundo. Na segunda-feira, com o jogo da seleção pelas oitavas-de-final às 15h30, o mercado fecha mais cedo --o Banco Central aceitará registros de operações feitos até as 13h30.

O volume de negócios registrados na clearing (câmara de compensação) da BM&FBovespa era de pouco menos de 2 bilhões de dólares até poucos minutos antes do fechamento, abaixo da média de cerca de 2,7 bilhões em junho.

"(O mercado) está parado. Está saindo pouca coisa", disse o operador de câmbio de uma corretora, durante a tarde.

A queda do dólar no Brasil ocorreu em sintonia com o comportamento do mercado internacional, onde as ações subiram e outras moedas se valorizaram durante a tarde em um ambiente favorável a investimentos de risco.

O euro ganhava 0,5 por cento em relação ao dólar, e o Ibovespa subia 1,4 por cento. Parte do impulso vinha dos bancos, em alta após a reforma do setor financeiro nos Estados Unidos --que, embora rígida, deixou de lado proibições mais pesadas.

Na próxima semana, o mercado deve ver mais volatilidade por conta da rolagem de contratos futuros na BM&FBovespa, na virada do mês.

Investidores com posições vendidas em dólares, como os bancos, têm prevalecido, mas o mercado deve continuar atento aos desdobramentos do cenário internacional durante a semana --com números sobre emprego nos Estados Unidos, na quarta e na sexta-feira.

(Reportagem de Silvio Cascione)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host