UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 16h16 / Atualizada 25/06/2010 - 16h17

Produção industrial cresce em maio sem afetar uso da capacidade

BRASÍLIA, 25 de junho (Reuters) - A produção industrial cresceu em maio frente ao mês anterior e os estoques também se elevaram, ficando praticamente em linha com o planejado pelas empresas, mostrou sondagem da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada nesta sexta-feira.

O aquecimento da atividade não afetou o uso da capacidade instalada, que ficou em 50,3 pontos em maio, indicando estarem de acordo com o usual para o período. Em abril, o indicador estava em 50 pontos.

O indicador de evolução da produção da indústria ficou em 54,9 pontos em maio, frente a 51 em abril. Valores acima dos 50 pontos indicam aumento da produção.

No mesmo período, o indicador de estoque efetivo em relação ao planejado passou a 49,7, ante um patamar anterior de 48,7 pontos.

"Os estoques mantêm-se próximos ao nível planejado desde janeiro de 2010, o que mostra que a produção tem sido capaz de acompanhar a evolução da demanda", afirmou a CNI em nota.

Preocupações com o ritmo da atividade levaram o Banco Central a elevar a taxa de juros em 1,5 ponto desde abril, para 10,25% ao ano.

(Reportagem de Isabel Versiani)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host