UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/06/2010 - 19h10

S&P 500 e Nasdaq sobem por bancos e Oracle

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK (Reuters) - Os índices Nasdaq e Standard and Poor's 500 terminaram com discreta alta nesta sexta-feira, em meio ao alívio do mercado com a constatação de que o projeto de regulação financeira não reduzirá tanto os lucros de Wall Street quanto o que se temia inicialmente.

Fortes resultados da Oracle também ajudaram, reacedendo a expectativa com os gastos corporativos.

O Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, teve ligeira oscilação negativa de 0,09 por cento, a 10.143 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,27 por cento, para 2.223 pontos. O S&P 500 avançou 0,29 por cento, para 1.076 pontos.

A baixa de 2,5 por cento nas ações do Wal-Mart Stores levou o Dow para baixo.

O setor bancário subiu após parlamentares concordarem com regras que não promovem mudanças dramáticas em operações com derivativos e de tesouraria, duas atividades altamente lucrativas e que estavam na mira dos parlamentares.

O projeto ainda tem de ser aprovado pelas duas câmaras do Congresso antes de ser sancionado.

As ações do JPMorgan Chase subiram 3,7 por cento, enquanto as do Bank of America ganharam 2,7 por cento. O índice financeiro do S&P, que despencou 8,4 por cento no último trimestre, avançou 2,8 por cento.

"A (nova) regulação é menos pesada que que se temia. Dessa forma, você está vendo um pouco de alívio no setor financeiro hoje", disse Michael James, operador sênior da Wedbush Morgan, em Los Angeles.

Os papéis da Oracle ganharam 1,7 por cento um dia após a companhia reportar um lucro trimestral mais forte que o esperado devido às vendas de novos softwares.

Apesar dos ganhos desta sessão, os principais índices de ações acumularam queda nesta semana, após duas altas semanais seguidas, com o pior desempenho no período em cinco semanas.

Na semana, o Dow caiu 2,9 por cento, o S&P 500 cedeu 3,6 por cento, enquanto o Nasdaq recuou 3,7 por cento.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host