UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/06/2010 - 16h26

Líderes do G8 retiram-se de compromisso de concluir Doha em 2010

HUNTSVILLE, Canadá (Reuters) - Neste sábado, o grupo dos sete países mais industrializados mais a Rússia (G8) retirou o compromisso de completar a rodada de Doha ainda este ano e prometeu buscar negociações sobre o comércio bilateral e regional até que um acordo global seja possível.

Os membros da Organização Mundial do Comércio lançaram a rodada de Doha em 2001, mas as negociações têm sido travadas em meio a argumentos acerca do corte que os países ricos deveriam fazer em seus subsídios agrícolas e tarifas em troca da abertura de mercado nas nações em desenvolvimento.

Um comunicado emitido ao fim do encontro do G8 disse apenas que os membros renovaram seu compromisso de encerrar a rodada. No ano passado, um encontro do G8 na Itália e um em Pittsburgh do G20 estipularam o fim de 2010 como o prazo final.

O primeiro-ministro canadense Stephen Harper, que liderou a reunião do G8, usou palavras como "em algum ponto" e "eventualmente" para descrever quando o acordo será finalizado.

"Eu nunca chegaria ao ponto de dizer que Doha morreu. Não creio ser verdade e não penso sermos capazes de dizer isso. Temos que encontrar um caminho pelo qual podemos obter uma conclusão de sucesso", disse ele em coletiva de encerramento.

Na semana passada os Estados Unidos culparam a China e outras economias emergentes pelos entraves. Harper disse que o G8 concordou que "para se obter uma rodada de sucesso em Doha, eventualmente todos devem elevar suas ambições".

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host