UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/07/2010 - 20h50

Entrada de usina Belo Monte é confirmada para outubro de 2015

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do consórcio Norte Energia e diretor de Engenharia e Construção da Chesf, José Ailton de Lima, afirmou nesta sexta-feira que o grupo se comprometeu com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a iniciar a geração de energia na hidrelétrica de Belo Monte em outubro de 2015 para a primeira máquina, como estava previsto no edital.

"Estão garantidas as condições do edital, não tem nenhuma previsão de antecipação", afirmou em teleconferência com jornalistas.

O canteiro de obras de Belo Monte deve ser instalado em setembro deste ano, segundo o executivo. A expectativa é obter a licença para instalação do canteiro até o final de agosto.

Ailton de Lima não quis detalhar o investimento previsto na usina, afirmando ser um "número confidencial entre os sócios".

Cálculos da Empresa de Pesquisa de Energética (EPE) apontam investimentos de 19 bilhões de reais na usina de Belo Monte, localizada no rio Xingu (PA).

O executivo da Chesf, do grupo Eletrobras, não descartou a entrada de novos sócios na Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada para o empreendimento.

O Consórcio Norte Energia já está negociando a construção da usina com pelo menos quatro grupos, segundo Ailton de Lima. São eles: Andrade Gutierrez; Camargo Corrêa e Odebrecht; Queiroz Galvão e OAS; e Mendes Júnior, Contern, Serveng Civilsan, J. Malucelli e Galvão Engenharia. Algumas dessas empresas são sócias da SPE.

Para as turbinas de Belo Monte, o consórcio recebeu propostas de um consórcio formado por Alstom, Voith Siemens e Andritz e da argentina Impsa, além de ofertas russa e japonesa não detalhadas.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; Edição de Carolina Marcondes)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host