UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/07/2010 - 12h30

Ação da Electrolux desaba por preocupação com crescimento

ESTOCOLMO (Reuters) - A Electrolux, segunda maior fabricante mundial de eletrodomésticos, teve resultado trimestral abaixo do esperado e preocupação de que a tendência recente de crescimento econômico tenha se esgotado fazia suas ações despencarem 8%.

O presidente-executivo da empresa, Hans Straberg, manteve a previsão de 5% de crescimento para a América do Norte mas disse que o mercado brasileiro deve ficar estável pelo resto do ano depois que o governo retirou os incentivos fiscais sobre eletrodomésticos.

Segundo analistas, comentários de que a demanda na Europa se enfrequeceu fortemente destacaram receios de que a recente tendência de crescimento da economia chegou ao limite para a Electrolux, atrás somente da Whirlpool.

A Electrolux teve lucro antes de impostos e juros de 1,5 bilhão de coroas suecas (U$S 204,5 milhões), excluindo-se itens extraordinários, alta ante lucro de 1 bilhão de coroas no ano passado.

O valor ficou logo abaixo da previsão média de 1,6 bilhão de coroas segundo estimativas da Reuters com 17 bancos e corretoras.

As ações da empresa caíam 7,96% às 11h28 (horário de Brasília).

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host