UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/07/2010 - 14h42

Magazine Luiza quer atingir vendas de R$15 bi em 2015

Por Vivian Pereira

SÃO PAULO (Reuters) - O Magazine Luiza pode atingir um faturamento de 15 bilhões de reais nos próximos cinco anos, o que significa um aumento de três vezes das vendas brutas da varejista atualmente.

A projeção, fornecida pelo superintendente da empresa, Marcelo Silva, é apoiada em cenário de manutenção do crescimento da economia, novas aquisições, crescimento orgânico e um ritmo de aumento de vendas mesmas lojas --que consideram aquelas com no mínimo um ano de operação-- de 15 por cento ao ano.

Para 2011, Silva estima um crescimento de 15 por cento em vendas brutas, ainda sem considerar as operações da rede nordestina Lojas Maia, cuja aquisição pelo Magazine Luiza foi anunciada nesta segunda-feira.

Sediada na Paraíba, a Lojas Maia conta com 141 lojas e está presente em todos Estados da região Nordeste, onde o Magazine Luiza ainda não tinha operações.

O Magazine Luiza não divulgou o valor da aquisição, cuja negociação começou há três meses, informando apenas que cerca de 60 por cento do valor da operação é referente a dívidas que serão renegociadas.

"Agora estamos com 611 lojas, em 16 Estados, faltando apenas as regiões Centro-Oeste e Norte para sermos uma empresa nacional", disse o executivo, acrescentando que a empresa espera ter presença em todo o Brasil em um prazo de cinco anos.

Até o final deste ano, a rede controlada por Luiza Helena Trajano deve atingir vendas de 6 bilhões de reais, ficando praticamente empatada com a Máquina de Vendas na segunda colocação do varejo brasileiro de bens duráveis.

Embora não descarte novas aquisições para cumprir a meta de faturamento até 2015, Luiza Helena ressaltou que a empresa não está, no momento, em negociações para compra de outras varejistas.

De acordo com a presidente da rede, qualquer novo movimento de compra terá início apenas após a consolidação das 141 lojas da rede Maia, o que deve ocorrer em até um ano e meio.

Questionado sobre os planos da companhia de realizar uma Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês), Marcelo Silva disse que "há possibilidade em algum momento do futuro", sem dar mais detalhes.

PRESENÇA EM SÃO PAULO

Com forte presença no interior do Estado de São Paulo, o Magazine Luiza tem como uma de suas prioridades reforçar a atuação na capital.

Até o início de outubro, a companhia terá inaugurado um centro de negócios na cidade de São Paulo. O prédio, localizado na zona Norte da capital, concentrará as operações estratégicas e de comércio eletrônico da varejista, além de uma loja com cerca de 3 mil metros quadrados. Já o escritório central será mantido em Franca (SP).

Atualmente, o Magazine Luiza tem 53 lojas na capital paulista e tem previsão de chegar a 70 unidades até o final de 2010, com faturamento de 800 milhões de reais.

(Edição de Cesar Bianconi)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host