UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/07/2010 - 19h42

Agência Rural vê área recorde para próxima safra de soja do país

SÃO PAULO (Reuters) - A próxima safra de soja do Brasil poderá ocupar uma área plantada recorde de 24 milhões de hectares, estimou a Agência Rural em sua primeira estimativa de intenção de plantio para 2010/11 no país, o segundo produtor global da oleaginosa após os EUA.

A ser confirmada a previsão, a semeadura de soja do Brasil teria um crescimento de 3 por cento em relação à safra 2009/10, considerando os números da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) de 23,35 milhões de hectares.

No caso de se repetir a mesma produtividade de 09/10, um ano que o Brasil contou com as boas chuvas do fenômeno El Niño, o Brasil poderia produzir um recorde 70,5 milhões de toneladas, o que seria um aumento de 2,6 por cento na comparação com a colheita encerrada no primeiro semestre deste ano.

Uma safra daquela magnitude já é esperada pela indústria. No início do mês, o presidente da Abiove, Carlo Lovatelli, disse que a nova safra brasileira poderia atingir 71 milhões de toneladas.

Entretanto, há quem diga que a atuação do La Niña em 10/11 possa não favorecer as lavouras como ocorreu a última safra.

Em 09/10, o Brasil obteve uma produtividade média de 2,94 toneladas por hectare, segundo a Conab.

O Mato Grosso, maior produtor brasileiro e um dos primeiros Estados a iniciar a semeadura, em meados de setembro, deverá registrar um aumento de 1,9 por cento na área plantada, para 6,3 milhões de hectares, segundo a Agência Rural.

O Paraná, segundo produtor nacional, também ampliaria o plantio, em 4,3 por cento, para 4,7 milhões de hectares, assim como outros importantes produtores, como o Rio Grande do Sul (+3,1 por cento).

Em nenhum Estado a área cairá ante 09/10, segundo a Agência Rural.

(Por Roberto Samora)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host