UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/07/2010 - 19h23

Puxada por Vale, Bovespa sobe e supera 64 mil pontos

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - Uma repentina onda de otimismo no setor commodities, encabeçada pela Vale, alavancou a Bovespa, que fechou esta terça-feira com a melhor pontuação e o maior giro financeiro diário desde o mês passado.

O Ibovespa avançou 1,84 por cento, para 64.462 pontos. Mais da metade do movimento foi explicada pelo avanço das ações de companhias ligadas a metais. O volume de negócios do pregão atingiu 7,54 bilhões de reais.

"Teve uma conjunção de fatores positivos que fez os investidores irem atrás de barganhas, especialmente de ações que estavam muito descontadas", afirmou o diretor da corretora Ágora, Álvaro Bandeira.

Embora esse otimismo tenha permeado a maior parte dos setores da bolsa, atingiu com mais força o de matérias-primas, em meio à sensação de que a demanda por metais seguirá forte na segunda metade do ano.

Um elemento que deu força a essa análise foram as declarações de um diretor da Vale de que os preços do minério de ferro no mercado spot chinês devem subir no quarto trimestre devido à boa demanda. O papel preferencial da Vale, responsável por quase um terço do giro do pregão, deu um salto de 6,2 por cento, cotada a 40,90 reais.

Pela manhã, o clima em relação ao segmento já era positivo, em meio a notícias veiculadas na mídia de que o governo chinês pretende fechar centenas de siderúrgicas no país, deixando ativas apenas as de maior capacidade. O mercado interpretou a notícia como sinal de possível aumento das importações de aço.

O otimismo se espalhou para o setor siderúrgico, com destaque para CSN, que subiu 5,3 por cento, para 27,63 reais. Logo atrás, Gerdau cresceu 3,9 por cento, saindo a 24,38 reais.

A reboque, o setor petrolífero também subiu. O papel preferencial da Petrobras ganhou 2,6 por cento, a 27,65 reais. Fora do índice, OGX, que pela manhã anunciou nova presença de hidrocarbonetos em águas rasas da parte sul da Bacia de Campos, teve acréscimo de 1,8 por cento, a 18,29 reais.

Individualmente, Embraer acrescentou pontos ao Ibovespa, subindo 6,1 por cento, a 10,20 reais, após a empresa anunciar que fechou um acordo com a europeia Flybe para venda de até 140 aeronaves, o que pode resultar no montante de 5 bilhões de dólares. A companhia também acertou a venda de 20 jatos à Air Lease por aproximadamente 800 milhões de dólares.

Ainda, Net subiu 4,7 por cento, a 18,99 reais, após a operadora de TV por assinatura iniciar a temporada de resultados do segundo trimestre dentre as empresas do Ibovespa reportando queda no lucro, mas aumento na receita.

Para completar, a virada para cima em Wall Street, com investidores se debruçando sobre uma série de resultados corporativos. No começo do dia prevaleceu o pessimismo, em meio a resultados abaixo das expectativas de IBM, Texas Instruments e Goldman Sachs e a um dado mostrando que o início de construção de moradias nos EUA caiu mais que o esperado em junho, para o menor nível em 8 meses.

Mas o humor mudou ao longo do dia, com o setor de energia e commodities levando os índices para o azul.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host