UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/07/2010 - 18h44

Após 6a alta, Bovespa acumula ganho de 9% em julho

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou a sessão desta segunda-feira com leve alta, amparada pelo dia positivo no exterior, após dados do setor imobiliário dos Estados Unidos e previsões animadoras da FedEx terem impulsionado Wall Street.

Favorecido pelo bom desempenho de empresas ligadas ao mercado doméstico, o Ibovespa avançou 0,18 por cento, aos 66.443 pontos. O giro financeiro do pregão, no entanto, foi de apenas 4,08 bilhões de reais, bem abaixo do movimento diário recente.

Depois de cinco altas consecutivas da bolsa paulista, alguns investidores mostraram mais interesse por embolsar lucros, à medida que o Ibovespa flerta com novas máximas em 12 semanas e já acumula valorização de 9 por cento em julho.

No entanto, o índice firmou-se no azul, após Wall Street estender os ganhos no final da tarde, com os três principais índices de ações norte-americanas subindo ao redor de 1 por cento.

Nova York já vinha no azul desde a manhã, depois da divulgação de que as vendas de novas moradias nos EUA tiveram em junho a maior alta percentual desde maio de 1980.

O movimento nos EUA foi esticado com a revisão para cima das previsões de resultados da empresa de encomendas FedEx, reforçando o entusiasmo do mercado com resultados corporativos.

De acordo com o analista sênior do BB Investimentos, Hamilton Moreira, após meses de vaievém do mercado em meio a focos de crise em várias partes do mundo, ciclo concluído na sexta-feira com a divulgação do resultado dos testes de estresse com bancos europeus, as atenções do mercado agora estão se voltando para os resultados de empresas. "E, a julgar pelo que tem saído até agora, o cenário é positivo", disse.

No entanto, considerou, com números ainda desencontrados sobre a recuperação da economia na Europa e nos EUA, investidores tendem a ver os resultados trimestrais acima das expectativas com otimismo moderado.

No plano doméstico, o principal foco de atenção nesse quesito é a gigante Vale, que reporta seus números do segundo trimestre na quinta-feira. O papel preferencial da mineradora, um dos que mais subiram na semana passada, desta vez caiu 0,26 por cento, a 42,10 reais.

De forma geral, o desempenho das ações de empresas ligadas a consumo conseguiu sustentar o Ibovespa no azul. Um destaque foi a empresa de comércio eletrônico B2W, com avanço de 3,91 por cento, a 32,69 reais.

A líder do Ibovespa foi a Oi, puxando também o avanço do setor de telefonia, com uma disparada de 4,53 por cento, saindo a 29,75 reais.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host