UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/08/2010 - 10h25

Toyota eleva estimativa de desempenho após resultado

Por Chang-Ran Kim

TÓQUIO, 4 de agosto (Reuters) - A Toyota Motor melhorou suas perspectivas após apresentar seu maior lucro trimestral em dois anos, mas os anúncios não reduziram preocupações dos investidores de que um iene forte e inconsistente recuperação nos Estados Unidos poderiam afetar os resultados da companhia nos próximos meses.

A Toyota se juntou ao grupo formado pelas rivais Ford Motor e Hyundai Motor com um resultado trimestral que superou expectativas do mercado, numa grande recuperação em relação ao quadro de seis meses atrás.

A montadora japonesa elevou sua previsão de vendas globais em 90 mil unidades para 7,38 milhões de veículos para o ano fiscal até março, mas, como outras montadoras, alertou que o segundo semestre será difícil, especialmente na Europa, onde a companhia reduziu meta.

Os custos de vendas também aumentarão, afirmou a empresa, com as montadoras se preparando para atrair consumidores em um ambiente mais duro.

"A perspectiva de uma desaceleração econômica na América do Norte é a maior preocupação para a Toyota", disse Mitsushige Akino, gestor chefe na Ichiyoshi Investment Management.

"Os resultados do primeiro trimestre foram sólidos, mas a melhora na previsão do ano fiscal foi inferior ao esperado, então eles estão mantendo uma postura cautelosa."

A nova estimativa da Toyota para lucro operacional é de 330 bilhões de ienes (3,85 bilhões de dólares) no ano fiscal até 31 de março de 2011, longe de uma previsão média obtida pela Reuters junto a 21 analistas de 527 bilhões de ienes.

A Toyota foi forçada a fazer um recall de mais de 10 milhões de veículos por problemas com aceleração involuntária de veículos e em freios, que custou à empresa bilhões de dólares.

A Toyota espera exportar cerca de 60 por cento de seus veículos feitos no Japão este ano, uma proporção maior do que a dos rivais Honda Motor e Nissan Motor.

E com uma recuperação de vendas nos Estados Unidos mais lenta que o previsto, a Toyota informou que pode levar alguns anos para que suas operações no Japão atinjam equilíbrio.

No primeiro trimestre fiscal, o lucro líquido, que inclui operações na China, foi de 190,5 bilhões de ienes, contra 77,8 bilhões de ienes um ano antes.

As ações da Toyota acumulam queda de 22 por cento no ano até agora e fecharam em queda de 1,6 por cento antes do anúncio dos resultados.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host