UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/08/2010 - 14h50

Usina Dardanelos pode atrasar operação por linha de transmissão

RIO (Reuters) - A entrada em operação da usina hidrelétrica de Dardanelos, em Mato Grosso, prevista para janeiro, poderá sofrer atraso depois que a empresa responsável pela linha de transmissão que integrará a unidade ao sistema não ter entregue a obra no prazo prometido.

Segundo o presidente da Neoenergia, Marcelo Corrêa, a EBTE, empresa controlada pela Alupar, teria que ter finalizado a linha de transmissão interligada à usina em 10 de julho, o que não ocorreu.

"Tenho duas máquinas prontas que já podiam estar gerando e não posso fazer os testes, deveria se impor a mesma obrigação ao transmissor que se impõe ao gerador", afirmou, ressaltando que esse é um problema que pode atingir principalmente projetos no Norte do país que serão desenvolvidos daqui para frente, que precisam ser interligados ao sistema nacional.

"Ou aperta o transmissor para ter a linha ou permite ao gerador fazer sua própria conexão", defendeu Corrêa.

A usina de Dardanelos terá capacidade para gerar 261 megawatts e tem como parceiros a Eletronorte e a Chesf. A unidade foi alvo de um protesto de índios recentemente, mas que não chegou a afetar o cronograma da usina.

Corrêa reafirmou o interesse da empresa de participar de leilões de usinas eólicas, mas disse que ainda não há decisão sobre o assunto.

(Por Denise Luna; Edição de Cesar Bianconi)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host