UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/08/2010 - 13h36

Importação de soja pela China em julho é a 2a maior da história

PEQUIM (Reuters) - A China, maior compradora de soja do mundo, importou 4,95 milhões de toneladas da oleaginosa em julho, o segundo maior volume mensal da história, após o recorde de junho de 6,2 milhões de toneladas, de acordo com dados oficiais divulgados nesta terça-feira.

As importações pela China nos sete primeiros meses do ano cresceram 16,2 por cento, para 30,76 milhões de toneladas, de acordo com a Administração Geral da Alfândega.

A China tem aumentado suas importações de soja parcialmente devido à expansão da capacidade de esmagamento, com a crescente demanda do país para atender a indústria de proteína animal.

Os compradores chineses recentemente se tornaram ativos compradores da nova safra dos EUA, porque as margens de esmagamento estão boas, afirmou o Centro Nacional de Grãos e Oleaginosas da China (CNGOIC) em seu site (www.grain.gov.cn).

Processadores podem ter uma margem de entre 100 e 250 iuan (14,78-36,94 dólares) por tonelada para importações de meses da nova safra dos EUA.

As importações podem alcançar 4,5 milhões de toneladas em agosto, afirmou o centro.

O Brasil, segundo exportador mundial de soja, está entre os principais fornecedores para os chineses.

A China, grande consumidor de óleos vegetais, também importou 620 mil toneladas do produto em julho, trazendo o total das importações no acumulado do ano até julho para 4,37 milhões de toneladas, queda de 13,3 por cento ante o mesmo período ao ano passado.

A China importa óleo de soja, de palma e de colza.

(Reportagem de Niu Shuping e Tracy Zheng)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host