UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2010 - 09h05

Bolsas da Ásia sobem antes de dados externos, Japão recua

Por Sanjeev Miglani

CINGAPURA, 17 de agosto (Reuters) - As principais bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira, após um fechamento relativamente estável em Wall Street, com o mercado japonês registrando seu pior nível em oito meses por receios sobre a recuperação global antes de dados vindos dos Estados Unidos e da Europa.

Nesta terça-feira serão divulgados indicadores de preços ao produtor e de início de construção de moradias nos Estados Unidos. Na Europa, após o fechamento asiático, um dado mostrou que a confiança do investidor e dos analistas da Alemanha diminuiu em agosto para o menor patamar desde abril de 2009.

"Estamos preocupados que algumas pessoas estejam afirmando que há 25 por cento de chance de uma recessão profunda, e algumas falam em deflação", disse McGuire, diretor-gerente na CWA Global Markets, em Sydney.

Às 8h00 (horário de Brasília), o índice MSCI que acompanha as bolsas da região da Ásia-Pacífico exceto Japão tinha alta de 0,7 por cento, para 408 pontos. Na semana passada o índice caiu quase 2,9 por cento por receios com a recuperação global.

O índice Nikkei da bolsa de TÓQUIO caiu 0,38 por cento, para 9.161 pontos, pior nível em mais de oito meses, refletindo as preocupações com o crescimento econômico mais fraco.

O índice reduziu perdas após fontes afirmarem à Reuters que o primeiro-ministro, Naoto Kan, e o presidente do BC japonês, Masaki Shirakawa, se reunirão na semana que vem, elevando a cotação do dólar ante o iene.

"Há muito temor sobre o que pode acontecer caso o Nikkei fique abaixo de 9 mil pontos. Ele tem servido de suporte por algum tempo, mas podemos ver um rompimento se o iene continuar a ganhar força", disse Toshiyuki Kanayama, analista de mercado na Monex.

Em HONG KONG, o índice Hang Seng ganhou 0,12 por cento, a 21.137 pontos. XANGAI subiu 0,38 por cento, em 2.671 pontos. TAIWAN recuou 0,13 por cento, para 7.931 pontos.

Em SEUL, a bolsa sul-coreana avançou 0,67 por cento, para 1.755 pontos.

Em SYDNEY, o mercado australiano ganhou 0,87 por cento, em 4.476 pontos.

CINGAPURA perdeu 0,35 por cento, a 2.923 pontos.

Hospedagem: UOL Host