UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2010 - 11h29

Lucro da Cimpor no 1o semestre cai 7,8%, a 98,7 milhões de euros

LISBOA (Reuters) - A Cimpor está otimista para o segundo semestre, após ter apresentado uma queda de 7,8 por cento em seu lucro líquido nos primeiros seis meses do ano, abaixo das previsões dos analistas.

"(...) a diversificação geográfica da Cimpor permite olhar para o segundo semestre do ano com algum otimismo, que ainda assim deve ser moderado frente à incerteza da situação global", aponta a empresa em comunicado.

A companhia afirma não ver uma melhoria substancial dos mercados na Península Ibérica sobre o primeiro semestre, enquanto nos países da Bacia do Mediterrâneo espera-se uma manutenção.

A Cimpor coloca que o forte dinamismo econômico previsto para o Brasil "vá influenciar positivamente o consumo de cimento durantes os próximos anos", já na Índia e África do Sul "não se esperam grandes melhorias no segundo semestre".

A líder dos cimentos em Portugal registrou um lucro semestral de 98,7 milhões de euros, abaixo dos 109,6 milhões de euros previstos, como consequência do aumento dos impostos.

Já o volume de negócios cresceu 6,3 por cento para 1,087 bilhões de euros e Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização) subiu 0,2 por cento para 298,7 milhões de euros.

A cimenteira lembra que o Ebitda do primeiro semestre foi influenciado negativamente em cerca de 13 milhões de euros por algumas operações não recorrentes "das quais se destacam custos associados à Oferta Pública de Aquisição lançada sobre a Cimpor no final de 2009".

A Cimpor destaca que por áreas de negócio o Brasil continua a chamar a atenção, onde o crescimento do mercado e a valorização do real ante o euro fizeram com que o país tenha aumentado a sua contribuição para o Ebitda em comparação com igual período de 2009.

(Reportagem de Patrícia Vicente Rua)

Hospedagem: UOL Host