UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 09h10

Bolsas da Ásia fecham em queda

HONG KONG (Reuters) - As principais bolsas asiáticas fecharam sem direção comum nesta segunda-feira, com o índice da região favorecido pelo setor de matérias-primas e pelos mercados da região sudeste.

Às 8h06 (horário de Brasília), o índice MSCI que acompanha as bolsas da região da Ásia Pacífico exceto Japão tinha ligeira alta de 0,13 por cento, aos 408 pontos.

As inconclusivas eleições do fim de semana na Austrália derrubaram levemente o dólar para a mínima em um mês, embora ações de mineradoras tenham subido com os investidores apostando que um novo projeto de impostos sobre o carvão e os lucros do minério de ferro não sejam aprovados.

A onda de fusões na Ásia também impulsionava os ganhos graças aos custos de financiamento mais baratos para comprar empresas.

"Estamos vendo isso como um mercado de ações extremamente seletivo. Na Ásia, os mercados que estão aguentando melhor são os do sudeste asiático, uma vez que os investidores têm sido muito específicos sobre escolher mercados onde as empresas têm lucro sustentável", disse Linda Csellak, chefe de ações asiáticas na Pacific MFC Global Investment Management.

No Japão, as ações estenderam perdas em meio a preocupações de que um iene forte inviabilizaria a frágil recuperação econômica.

O índice Nikkei da bolsa de TÓQUIO caiu 0,68 por cento, para 9.116 pontos.

Em HONG KONG o índice Hang Seng fechou em queda de 0,44 por cento, para 20.889 pontos. XANGAI caiu 0,11 por cento, aos 2.639 pontos, enquanto TAIWAN conseguiu terminar com valorização de 0,61 por cento, em 7.975 pontos.

Em SEUL a bolsa perdeu 0,44 por cento, aos 1.767 pontos.

Em SYDNEY a bolsa australiana fechou com baixa de 0,04 por cento, aos 4.428 pontos.

CINGAPURA recuou 0,36 por cento, para 2.925 pontos.

Hospedagem: UOL Host