UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/09/2010 - 08h43

Dados recentes ajudam e bolsas asiáticas têm máxima em um mês

Por Koh Gui Qing

SYDNEY (Reuters) - As principais bolsas de valores asiáticas subiram nesta segunda-feira, na melhor marca em um mês, com os investidores avaliando os recentes dados econômicos melhores que o esperado como um sinal de que o mundo não está mergulhando em nova recessão.

O bom humor após os dados de emprego nos Estado Unidos, divulgados na sexta-feira, aliviou os receios de investidores.

"Não havia nada para assustar o mercado de ações em setembro e o desempenho do S&P no fim da semana passada foi encorajador", afirmou Sean Keane, analista da Triple T Consulting, na Nova Zelândia.

Às 7h35 (horário de Brasília), o índice MSCI que acompanha as bolsas da região da Ásia Pacífico exceto Japão tinha alta 1,2 por cento, a 420 pontos.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei teve o melhor desempenho da região, subindo 2,05 por cento, para 9.301 pontos. Segundo operadores, o mercado encontra-se em um bom momento depois que o Nikkei superou a média móvel de 25 sessões.

Empresas sensíveis à exportações lideraram a alta. Kyocera ganhou 2 por cento, TDK Corp avançou 2,4 por cento e Tokyo Electron subiu 1,9 por cento.

Em HONG KONG, o índice Hang Seng fechou em alta de 1,83 por cento, a 21.355 pontos. Em XANGAI, o mercado avançou 1,54 por cento, aos 2.696 pontos.

Enquanto isso, TAIWAN fechou com valorização de 0,78 por cento, aos 7.890 pontos. Em SEUL, a bolsa sul-coreana ganhou 0,7 por cento, para 1.792 pontos.

Em SYDNEY, o principal índice fechou com alta de 0,76 por cento, a 4.575 pontos, e em CINGAPURA a valorização foi de 1,07 por cento, aos 3.034 pontos.

Hospedagem: UOL Host