UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/09/2010 - 18h49

ANP aguarda sísmica de áreas mais ao sul na bacia de Santos

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis aguarda para o final do ano resultados de levantamentos sísmicos 3D de áreas mais ao sul na bacia de Santos, onde acredita que podem existir novos reservatórios de petróleo e gás.

A diretora da ANP Magda Chambriard afirmou a jornalistas durante a Rio Oil & Gas que os estudos de sísmica foram encomendados à companhia CGG Veritas, e as áreas sob análise estão mais ao sul dos blocos BM-S-21 e BM-S-22, este último operado pela Exxon.

"É possível que haja reservatórios mais para o sul... aí, é possível, se houver descoberta, que o poço entre no PAC e a partir daí contratamos a Petrobras para perfurar", afirmou a diretora, lembrando que o governo autorizou que a ANP contratasse a estatal para trabalhos em dois poços firmes e dois contingentes.

Até o momento, a Petrobras perfurou apenas dois poços firmes (Franco e Libra).

Segundo ela, após perfurações em novas áreas, se forem interessantes os resultados, poderão ser incluídas nos próximos leilões, já sob o regime de partilha.

BP

Magda afirmou que a eventual aprovação pela ANP da aquisição de ativos da Devon no Brasil pela BP ainda está sob análise.

"Não vejo problema para aprovação, mas vai depender da situação econômico e financeira da BP."

Ela afirmou também que a agência está avaliando se há necessidade de eventuais mudanças na legislação brasileira sobre exploração de petróleo em águas profundas após o grande acidente com a BP no Golfo do México.

"Recebi um relatório resumido do acidente e vou analisar essa semana para ver se a legislação deve ser aperfeiçoada."

(Reportagem de Denise Luna)

Hospedagem: UOL Host