UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2010 - 10h21

Atacado acelera, varejo sobe e IGP-M avança 0,99%

SÃO PAULO (Reuters) - A inflação medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) acelerou fortemente, pressionada por um avanço dos custos no atacado, em razão do reajuste do minério de ferro e de uma pressão dos preços agrícolas, e pela reversão da queda no varejo.

O indicador subiu 0,99 por cento na primeira prévia de setembro, contra alta de 0,42 por cento em igual período de agosto, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

Analistas consultados pela Reuters previam 0,72 por cento, segundo a mediana de 10 respostas que ficaram entre 0,25 e 0,92 por cento.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) aumentou 1,44 por cento na primeira leitura de setembro, ante 0,75 por cento na primeira de agosto.

O IPA agrícola saltou 2,28 por cento nesta leitura, contra queda de 0,53 por cento na anterior, enquanto o IPA industrial teve alta de 1,17 por cento, similar ao avanço de 1,16 por cento antes.

As maiores altas individuais de preços no atacado foram minério de ferro --de 4,98 por cento nesta leitura ante 16,92 por cento na anterior--, algodão em caroço, milho em grão, carne bovina e óleo de soja refinado.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,16 por cento na primeira prévia deste mês, contra queda de 0,40 por cento na primeira de agosto.

Os custos do grupo Alimentação tiveram oscilação positiva de 0,01 por cento agora, contra baixa anterior de 1,58 por cento. Vestuário também passou para alta, de 0,33 por cento, após recuo anterior de 1,31 por cento.

As principais elevações individuais de preços no varejo foram de refeição em restaurante, banana prata, pão francês, tomate e plano e seguro saúde.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,08 por cento na primeira prévia de setembro, comparado à elevação anterior de 0,27 por cento.

No ano, o IGP-M acumula alta de 7,72 por cento e nos últimos 12 meses, de 7,60 por cento.

O IGP-M da primeira prévia de setembro mediu os preços de 21 a 31 de agosto.

(Reportagem de Vanessa Stelzer)

Hospedagem: UOL Host