UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2010 - 14h16

Bolsas europeias fecham perto da estabilidade

LONDRES (Reuters) - As ações europeias fecharam praticamente estáveis nesta terça-feira, com dados econômicos acima das expectativas nos Estados Unidos sendo insuficientes para convencer investidores a assumir mais risco, enquanto o ouro atingia nova máxima histórica.

O FTSEurofirst 300, índice com as principais ações europeias, teve oscilação positiva de 0,04%, marcando 1.088 pontos, após ter fechado na véspera no maior nível desde o final de abril.

A empresa de terceirização Capita subiu com investidores confiantes de que a companhia conseguirá manter contratos com governos, enquanto a Philips caiu após a empresa de eletrônicos apresentar perspectivas cautelosas.

"Parece que nós ainda estamos numa faixa estreita de variação e os investidores estão focados no noticiário do dia", disse David Hussey, chefe de ações europeias da MFC Global Investment Management.

"Os investidores ainda estão cautelosos, já que há não pouco tempo o mercado cogitava a possibilidade de um nova recessão. Se houver novas notícias ruins, o mercado pode reagir negativamente de novo. Nós estamos circulando em torno da avaliação de qual recuperação vamos ter."

A ação da empresa de prestação de serviços Capita ganhou 2,9%, depois que a Capgemini anunciou que assinou um contrato com o governo britânico que reforçou ao mercado a ideia de manutenção dos contratos.

Já a ação da Philips caiu 3,9% após a empresa revelar metas que analistas consideraram pouco ambiciosas.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 0,03%, a 5.567 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,22%, para 6.275 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,19%, a 3.774 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,01%, aos 21.003 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 avançou 0,38%, para 10.806 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 teve variação positiva de 0,25%, a 7.553 pontos.

(Reportagem de Joanne Frearson)

Hospedagem: UOL Host