UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2010 - 13h49

Endesa recebe ofertas por alguns ativos na Espanha--fontes

Por Jonathan Gleave e Greg Roumeliotis

MADRI/AMSTERDÃ (Reuters) - Três fundos de infraestrutura fizeram propostas de compra da rede espanhola de distribuição de gás e de transmissão da Endesa, disseram várias pessoas a par do assunto ao assunto nesta terça-feira.

Fundos patrocinados por Macquarie, Goldman Sachs e AXA Private Equity entregaram suas propostas na segunda-feira para o negócio, que pode ser superior a 760 milhões de euros e no qual a Endesa está oferecendo 80 por cento de participação, disseram as fontes.

As fontes disseram ainda que o negócio de redes teve em 2009 um Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 58,4 milhões de euros. A Endesa está pedindo uma opção de compra de cinco anos, afirmou uma das fontes.

Um porta-voz da Endesa não respondeu imediatamente ao pedido de comentário, enquanto a Enel SpA, que possui 92 por cento da Endesa, Macquarie, Goldman Sachs e AXA Private Equity não quiseram falar sobre o assunto.

Motivada pela orientação da italiana Enel em reduzir a sua dívida, a Endesa tem vendido ativos com o objetivo de ajudar a o grupo de energia a cortar seu endividamento líquido para 45 bilhões de euros no final de 2010, contra 51 bilhões de euros no fim de 2009.

No Brasil, a Endesa controla, entre outros negócios, a distribuidora de energia Ampla (RJ) e Coelce (CE) e a usina hidrelétrica de Cachoeira (GO).

A possível venda de ativos na Espanha é a última de uma série de desinvestimentos feitos pela Endesa neste ano. O grupo foi obrigado pelo órgão regulador do setor de energia espanhol a vender ativos de transmissão de energia.

Em julho, a Endesa concordou em vender a rede REE por cerca de 1,48 bilhão de euros. No mesmo mês, a companhia completou a venda de 50,01 por cento de participação em sua subsidiária grega para o grupo de metais e energia Mytilineos por 140 milhões de euros.

Os interessados nos ativos da Endesa esperam que o regular fluxo de caixa dos negócios da rede de gás e transmissão irá afastar temores sobre a economia da Espanha e atrair financiamentos de bancos. Uma fonte próxima disse que o processo de venda pode ser encerrado em meados do quarto trimestre.

(Reportagem adicional de Stephen Jewkes em Milão e Quentin Webb em Londres)

Hospedagem: UOL Host