UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2010 - 19h38

Norte Energia começa a consultar bancos sobre Belo Monte

SÃO PAULO (Reuters) - Representantes da Norte Energia, empresa que vai construir e operar a usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu (PA), iniciaram o roadshow para bancos interessados em financiar o projeto.

Estão na lista os bancos Bradesco, Itaú Unibanco, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia (Basa) e Banco do Brasil, segundo disse à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto.

"Hoje (terça-feira) tivemos a primeira reunião técnica para tratar de Belo Monte", disse à Reuters a fonte, sob condição de anonimato.

Ainda não está definido qual instituição vai coordenar o consórcio de bancos que irá financiar a usina, de acordo com a fonte.

Além de bancos comerciais, o BNDES será importante fonte de recursos para erguer a hidrelétrica.

No último dia 3, o diretor de operações da Chesf, José Aílton de Lima, informou que a Norte Energia enviou ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a primeira versão da carta-consulta para o financiamento da construção do empreendimento. A Chesf é uma das sócias da Norte Energia. O BNDES pode financiar até 80 por cento da hidrelétrica.

O orçamento original para a construção da usina é de 19 bilhões de reais, mas segundo um boletim da Petros --fundo de pensão da Petrobras e também sócia de Belo Monte-- o valor total do investimento seria de 25 bilhões de reais. A informação não foi confirmada oficialmente pela Norte Energia.

Em leilão realizado em 20 de abril, a Norte Energia ofereceu uma tarifa de 78 reais o megawatt/hora referente à usina de Belo Monte, ante um preço máximo definido pelo governo de 83 reais, um deságio de 6,02 por cento. Vencia quem oferecesse o menor preço.

A hidrelétrica de Belo Monte será uma das maiores do mundo, com entrada em operação prevista em 2015. Apesar de uma capacidade média de 11 mil megawatts (MW), o empreendimento vai ter garantia física de 4,571 MW médios, por não possuir reservatório.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Cesar Bianconi)

Hospedagem: UOL Host