UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

Crise econômica

Veja os principais destaques sobre a situação nos Estados Unidos e na Europa e entenda as consequências para o Brasil

  • Imagem: Josep Lago/AFP

23/09/2011 - 08h48

Bolsas da Ásia caem com temor de recessão, mesmo após G20

As Bolsas de Valores asiáticas fecharam em baixa nesta sexta-feira, por temores de uma nova recessão no mundo desenvolvido, com a promessa de estabilidade financeira do G20 falhando em impressionar os investidores.

Os países do G20 dissseram, em comunicado, que vão "tomar todas as ações necessárias" para acalmar o sistema financeiro global e que os bancos centrais estão prontos para fornecer liquidez.

Mas os preços dos metais desabaram no pregão asiático em meio à preocupação de que o cenário econômico fraco possa sinalizar queda da demanda industrial.

Profissionais do mercado disseram que qualquer retomada do mercado induzida pelo G20 será temporária.

"Não há nada novo, nada substancial onde podemos nos agarrar e dizer 'isso é bom, agora podemos colocar algum risco'. Eu não acho que isso muda o quadro geral", disse Jesper Bargmann, diretor de câmbio do RBS em Cingapura.

O índice MSCI das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 2,09%, tendo atingido o menor patamar desde maio de 2010.

Na Coreia do Sul, o principal índice acionário despencou 5,73%. O país se tornou a mais recente economia emergente a prometer medidas para conter a queda da moeda nacional, depois que o Brasil agiu para proteger o real de uma depreciação acentuada.

O mercado tombou 1,36% em Hong Kong e a Bolsa de Taiwan retrocedeu 3,55%, enquanto o índice referencial de Xangai perdeu 0,41%. Cingapura recuou 0,80% e Sydney fechou com desvalorização de 1,56%.

(Por Alex Richardson)

Veja mais

Hospedagem: UOL Host