UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

31/05/2012 - 15h00

Danone visa ativos na América Latina após acordo Nestlé-Pfizer

PARIS, 31 Mai (Reuters) - A Danone vai olhar para ativos que a Nestlé deve precisar vender para confirmar seu negócio de alimentação infantil com a Pfizer, enquanto o grupo francês de alimentação está muito interessado em expandir-se no segmento de leite infantil na América Latina, principalmente no México, e alcançar sua rival suíça.

A Danone, a segunda maior em alimentação para bebês do mundo, perdeu a liderança de mercado para a Nestlé em Abril, quando ela comprou marcas da fabricante americana de medicamentos Pfizer por 11,85 bilhões de dólares e assegurando o domínio do rápidos e crescentes mercados emergentes.

A Nestlé deve ter que vender mais de 30 por cento de negócios da Pfizer, incluindo aqueles na Ásia, América Latina e Oriente Médio, dizem analistas, a fim de satisfazer a regulação da competição em um processo que deve durar um ano.

Alta lucratividade e taxas de crescimento -o mercado global de nutrição infantil de 30 bilhões de dólares está crescendo 10 por cento anualmente- têm atraído companhias globais de alimentos para este mercado.

Leite para bebês está entre os produtos mais consumidos em mercados emergentes devido ao crescimento de nascimentos e de renda.

"Se existem oportunidades que surgem nos próximos meses, obviamente nós iremos analisá-las e mais detidamente em áreas em que queremos crescer, começando pela América Latina, onde está nossa prioridade global, do México à Patagônia", disse à Reuters o diretor de comunicação da Danone, Laurent Sacchi.

A Danone tem uma forte presença na Europa e Ásia, sem considerar as Filipinas, e poderia impulsionar sua presença nas Américas, disse.

(Por Noëlle Mennella )

Hospedagem: UOL Host