UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

05/01/2009 - 15h35

Brasil fecha acordo com UE e evita retaliação em briga sobre pneus

GENEBRA - O Brasil assinou hoje um acordo com a União Européia (UE) para evitar uma retaliação comercial por não ter cumprido o prazo dado pela Organização Mundial do Comércio (OMC) para uniformizar a proibição à importação de pneus usados.

O acordo fechado hoje à tarde em Genebra não elimina, porém, a ameaça de sanção contra o país, enquanto perdurar a proibição a entrada do pneu usado europeu, mas não ao mesmo tipo de produto do Mercosul.

Pelas regras da OMC, a UE tinha prazo até esta segunda-feira para pedir autorização para retaliar o Brasil, o que deveria ser analisado em reunião no próximo dia 16.

Com o acordo, porém, a UE abre mão de deflagrar a demanda agora, mas não perde esse direito. Pode pedir a sanção contra o pais a qualquer momento, e se obtiver o direito poderá impor sobretaxa contra produtos brasileiros.

Para cumprir a decisão dos juízes da OMC, o Brasil terá que proibir também a importação de pneu usado procedente do Mercosul, com impacto na industria do pneu reformado no país. A Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus (ABR) tem reclamado que implementar a decisão da OMC significa fechar mais de cem empresas e provocar 10 mil demissões no país.

(Assis Moreira | Valor Econômico, para o Valor Online)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host