UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

05/01/2009 - 08h15

Nova York abriu ano com forte valorização nas bolsas

SÃO PAULO - Os mercados de ações americanos fecharam a primeira sessão de 2009 com forte valorização na sexta-feira, com investidores apostando na recuperação da economia global, depois do ano desastroso em 2008. Analistas disseram que investidores parecem descontar dados econômicos ruins, incluindo os números que indicaram forte contração na atividade manufatureira dos Estados Unidos, antecipando uma recuperação na segunda metade de 2009. Essas expectativas ajudaram a puxar os índices para os seus maiores níveis desde o início de novembro, apesar de o volume de negócios ainda ser fraco, refletindo o feriado de Ano Novo e o final de semana. O índice Dow Jones subiu 2,94%, para 9.034 pontos. O Standard & Poor ? s 500 avançou 3,16%, para 932 pontos. E o Nasdaq teve ganho de 3,5%, a 1.632 pontos. O mercado ignorou o relatório do Instituto de Gestão e Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) que apontou o menor nível de atividade manufatureira em 28 anos, mostrando uma contração mais severa que os analistas esperavam. As ações da Chevron estavam entre os maiores ganhos do Dow Jones, à medida que os preços do petróleo avançaram em meio a tensões entre Rússia e Ucrânia e a violência no Oriente Médio. As Bolsas de valores européias também fecharam em alta na sexta-feira, primeira sessão do ano, com as ações ligadas a commodities subindo diante da alta dos preços de energia e metais. Papéis de bancos também avançaram, após a valorização em Wall Street ter contribuído para melhorar a confiança dos investidores. O índice FTSEurofirst 300 teve alta de 2,98%, para 857 pontos. Na semana, mais curta pelo feriado de Ano Novo, o índice subiu 6,6%. A alta nesta sexta-feira ocorreu apesar de as primeiras notícias econômicas divulgadas em 2009 serem tão pessimistas quanto as do fim do segundo semestre de 2008. Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 2,88%, a 4.561 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX avançou 3,39%, para 4.973 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 subiu 4,09%, para 3.349 pontos. Em Milão, o índice Mibtel encerrou em alta de 2,71%, a 15.505 pontos. Em Madri, avanço de 3,16%, para 9.486 pontos. Em Lisboa, valorização de 1,36%, a 6.427 pontos. (Valor Econômico)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host