UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

01/09/2009 - 14h31

Bolsas europeias têm mais um dia de ajuste e encerram em queda

SÃO PAULO - As bolsas europeias encerraram o pregão deste terça-feira em baixa, sob influência das perspectivas de correção dos ativos acionários após o forte ciclo de valorização nos últimos meses. Novos indicadores positivos da economia americana não causaram grande efeito sobre os negócios.

O FTSE-100, de Londres, fechou em baixa de 1,82%, aos 4.819 pontos. Em Frankfurt, o DAX cedeu 2,51%, para 5.327 pontos. O CAC 40, de Paris, fechou aos 3.583 pontos, com recuo de 1,92%.

A baixa só não foi mais expressiva por conta do indicador imobiliário nos Estados Unidos, que apontou aumento de 3,2% nas vendas de casas pendentes em julho, para o maior patamar em dois anos. No setor de metais, também registaram queda os papéis da Lonmin (-4,93%), Antofagasta (-4,04%) e Vedanta (-5,25%) Ainda assim, as ações do setor financeiro voltaram a declinar. Muitos analistas ponderam que ainda há preocupações sobre a saúde do setor e que muitos papéis estariam sobrevalorizados. Entre os destaques, os papéis do Lloyds Bank caíram 4,79% em Londres, onde também recuaram as ações do Royal Bank of Scotland (-3,73%) e do HSBC (-4,20%). Em Paris, o BNP Paribas cedeu 3,77% (Valor Online, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host