UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/09/2009 - 12h20

Protógenes vai disputar Câmara pelo PCdoB

SÃO PAULO - Considerado um dos principais puxadores de votos para a Câmara federal nas eleições de 2010, o delegado da Polícia Federal Protógenes Queiróz finalmente decidiu seu futuro partidário. Protógenes anunciará hoje à tarde, oficialmente, sua filiação ao PCdoB num hotel no centro de São Paulo.

Assediado por uma série de partidos (P-SOL, PDT e PV), chegou, inclusive, a manter conversas com Ricardo Berzoini, presidente do PT, o responsável pela operação Satiagraha - que prendeu o banqueiro Daniel Dantas, o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o empresário libanês Naji Nahas, em julho de 2008 - teve seu nome dado como certo no PDT. O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, principal figura do partido, chegou a afirmar, no último dia 22 de julho para o Valor que estava " tudo certo " com Protógenes. O próprio Paulinho é quem vinha tratando da filiação do delegado à sigla.

Se, num primeiro momento, Protógenes aproximou-se do P-SOL, as divergências internas no partido em torno do seu nome abriram espaço para que o delegado iniciasse conversas com o PDT e também com o PCdoB. O foco principal dessas desavenças no P-SOL seria o posicionamento nada caloroso do deputado federal Ivan Valente (SP), temeroso de que uma candidatura de Protógenes ameaçasse sua reeleição.

Decidido a ser candidato a deputado federal por São Paulo, Protógenes está afastado da Polícia Federal e é alvo de processos administrativos na instituição, respondendo ações por quebra de sigilo funcional e fraude processual durante as investigações da Operação Satiagraha. No dia 27 de agosto, Protógenes escreveu em em seu blog sobre as dificuldades de escolher uma legenda pois, disse, estava " um pouco desapontado com a falsa pluripartidarização, pois as opções de uma organização partidária que tenha um projeto nacional, que atenda as necessidades urgentes da população e do Brasil, com raríssimas exceções, são poucas " . Para a deputada federal Luciana Genro (PSol-RS), a decepção é com a própria decisão de Protógenes, como afirmou à repórter Fabiana Leal, no Portal Terra: " O PCdoB está com (José) Sarney (PMDB-AP) no Senado. Vai ser difícil ele conseguir sustentar um perfil de intransigência estando num partido que é aliado do Sarney " .

(Vandson Lima | Valor Econômico)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host